Querer e/ou Poder.

Querer e/ou Poder.


Não precisa ler Aristóteles nem manuel de lógica  para entender que se A não é B, logo, B não é A. Assim, se o sujeito sabe que querer não é poder, daí ele deveria chegar à conclusão de que poder não é querer. Lógico, não ??? Bom, os monergistas, defensores da predestinação, não acham.
Para eles, como Deus pode predestinar alguns à salvação, logo, Deus quer predestinar alguns à salvação. Veja o trecho final do texto Predestinação em Gênesis 1:1, de Gordon Haddon Clark, que corre pela internet:
“O Criador pode conceder, reter, ou privar-lhes (os humanos) dos direitos que desejar. Não importa o que seja concedido ao homem, isso não lhe pertence por natureza. Ninguém pode requerer nada do Criador.”
 Bom, de fato, ninguém tem “direito”  à salvação, mas ninguém que crê no livre-arbítrio, como eu, duvida disso. Ninguém. Assim como nenhum, nenhum destes duvida que Deus pode salvar ou deixar de salvar quem quiser. E agora?
Bem, nós cremos, seguindo a lógica, que quem pode salvar todos pode salvar alguns. E, sobretudo, cremos que “veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida”( Rm. 5,18), que “Porque Deus atodos encerrou na desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos.” (Rm 11:32  ) e, principalmente, que Deus, nosso Salvador, deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.” (1 Tm 2:4).
Sim, Deus pode salvar quem Ele quer – e ele quer salvar todos. Afinal, Deus, além de onipotente (poder tudo), é soberanoe faz o que quer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário