Os Bonecos de São Paulo.


Muitos dos que reclamam da eleição de Fernando Haddad para a prefeitura de São Paulo dizem que ele é mais um dos bonecos de Lula, assim como Dilma. Pode ser, talvez seja.
Entretanto, esse negócio de boneco na prefeitura já é uma tradição na maior cidade do país. Em 1996, Paulo Maluf iniciou a coisa com Celso Pitta. Naquela época, petismo e malufismo estavam em lados opostos da luta política.
Mais recentemente, em 2008, Serra lançou seu desconhecido vice Kassab contra seu conhecido correligionário e atual governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e conseguiu elegê-lo. Não se pode falar que Kassab foi eleito pelos quase dois anos de mandato tapa-buraco do Serra,  pois todos nós paulistanos sabemos que, no início da campanha, ele ainda era um ilustre desconhecido, fato que Marta usou safadamente na campanha do segundo turno para desqualificá-lo. Foi Serra quem promoveu Kassab, dividindo o PSDB.
Que a principal cidade do país tenha lançado essa moda de bonecos políticos, o que quer dizer que ela mesmo não consegue produzir lideranças políticas genuínas e importantes, é sintomático dos nossos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário