Argumento Ecumênico Contra o Ecumenismo.

Consideremos, a princípio, 3 religiões: o Cristianismo, o Islamismo e, sei lá, o culto olímpico dos deuses gregos.
Se os deuses olímpicos são verdadeiros, então a devoção a outros deuses ou a um único deus (ou ainda considerá-los pura mitologia, como nós fazemos) irá despertar a ira deles contra você - e os deuses olímpicos são ciumentos e vingativos. Pode ler lá nos poemas gregos antigos.
Se Alah é o verdadeiro deus, então a adoração a qualquer outro deus fará com que ele o lance no "mármore do inferno". Pode ler lá no Alcorão.
Se o Deus cristão é o verdadeiro deus, então a adoração a qualquer outro deus é por-se debaixo da condenação desse Deus. Pode ler lá na Bíblia.
Assim, de acordo com a ortodoxia ditada pelos textos destas religiões:
1.Dizer que o Deus cristão é o verdadeiro implica dizer que todos os outros deuses são falsos;
2. Dizer que Alah é o verdadeiro deus implica dizer que todos os outros são falsos;
3. Dizer que Zeus é um deus verdadeiro implica dizer que Atenas, Poseidon e todos os outros  deuses olímpicos são verdadeiros  e que todos os deuses não olímpicos são falsos.
Não importa qual seja sua religião, ela exclui as outras. Não importa quem seja seu deus, ele não respeita os outros - na verdade, ele os chama de falsos. Ele diz que a religião que o adora é a única verdadeira e quer que sua religião seja única; quer acabar com as outras religiões - algumas pela conversão dos infiéis, outras pela eliminação deles.
Logo, se você é ecumênico, você contraria seu deus, seja ele quem for.

Nenhum comentário:

Postar um comentário