Porque Amamos Ver o Barça Perder.


Todo mundo conhece a história de Davi e Golias: o menino que vence o gigante. Bom, a história não é bem sobre um menino que vence um gigante, é sobre um exército apavorado diante da afronta de um exército mais forte e de como Deus pode usar as coisas mais frágeis desse mundo para demonstrar que Ele é o forte, mas isso não é lá muito moderno nem muito auto-ajuda, então a gente tira tudo que a gente acha supérfluo na história, inclusive Deus e o fato de que Davi estava do lado do bem e Golias do lado do mal (Deus? Bem? Mal?) e a resume ao seu "essencial": se você se esforçar demais, poderá vencer alguém mais forte que você. Basta se esforçar.
A derrota do Barcelona hoje realimenta esse mito (baseado num fato, como todo mito) e é por isso que nós torcemos tanto pro Chelsea hoje. Davi venceu Golias, o Chelsea ganhou do Barça, logo, eu também posso vencer na vida.
 Auto-ajuda de quinta. Você não é Davi (ou você faz as "Guerras de Deus"?) nem joga no Chelsea (se joga, welcome!). Esforçar-se, muitas vezes, na maioria das vezes, não é o bastante. O Chelsea não ganhou por esforço, mas por estratégia ( e um mal dia do Messi); Davi não venceu por esforço próprio, mas por intervenção divina. Pare de alimentar sua autocomiseração megalomaníaca, você não vai vencer alguém ou algo só porque você é mais fraco. Nunca.
1º P.S.: soma-se a isso a inveja, pura e simples.
2º P.S. : Eu torci pro Chelsea, confesso. Por inveja e autocomiseração megalomaníaca, confesso. Sou mal, confesso. Deus me perdoe e me mude. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário